Se não ou Senão

O português é considerada uma das línguas mais difíceis de ser aprendida devido a quantidade de conjunções, preposições e regras gramaticais que a constituem.

Muitas pessoas, apesar de já terem aprendido, ainda sentem muitas dúvidas principalmente na hora de escrever ou em que situação usar algumas palavras.

Qual a forma correta, Se não ou Senão?

Uma dessas dúvidas é sobre o emprego das expressões “Senão” tudo junto e “Se não” separado, qual é a correta, ou que situação usar cada uma são as questões mais comuns sobre elas.

Bem, “senão” e “se não” são duas expressões que representam uma hipótese, e as duas existem na língua portuguesa, ou seja, as duas estão corretas em relação à grafia.

Encerrada a dúvida sobre a grafia das palavras, vem outra mais complicada, devemos utilizar se não ou senão nas nossas sentenças?

Como utilizar essas duas palavras?

Para entender como se escreve, antes você precisa entender o que cada uma delas significa, ou seja, porque usar elas, qual o sentido delas em uma frase.

Pra começar esteja ciente que, apesar da pronúncia ser muito semelhante, a grafia e a sentido delas são completamente diferentes, com isso em mente, vamos resolver de uma vez por todas essa dúvida que vez ou outra nos assombra e nos faz travar na hora de escrever.

A expressão “Senão”, tudo junto, é utilizada quando o objetivo é fazer uma “comparação”. Esta palavra é complexa pois pode conter diversos significados de acordo com o intuito da frase.

Esta palavra é sinônimo de “exceção”, “a menos”, “ a não ser”, “fora” quando utilizada como preposição. Exemplo: “O homem não faz nada senão dormir” o senão nessa frase poderia ser substituído por “a não ser” ou “exceto”.

Também pode ser usada no lugar de uma contradição quando é utilizada como conjunção, sendo a mesma coisa que “do contrário”, “de outra forma” ou “caso contrário”.

Exemplo: Seja rápido, senão iremos nos atrasar”, nessa frase a conjunção poderia ser substituída pelas expressões citadas acima, ficando “Seja rápido, caso contrário iremos nos atrasar”.

Mais um jeito de usar

Em último lugar a expressão “senão” também pode significar falha, defeito, imperfeição, quando é utilizada como substantivo, por exemplo:

“Houve apenas um senão na festa, a música estava muito alta.” ou seja “houve apenas um problema na festa, a música estava muito alta.”

Já a conjunção “se não” é usada geralmente como condicionante ou integrante, sendo composta pela conjunção “se” juntamente com o advérbio de negação “não”, e significa “quando não” e “caso não”.

Exemplo: “Se não responder minhas mensagens, terminaremos” esta frase é sinônima desta “caso não responda minha mensagem, terminaremos”

Utilização do “senão” e “se não” em frases iguais ou semelhantes

“Venha depressa, senão seremos os últimos a chegar.”

(Venha depressa, caso contrário seremos os últimos a chegar)

“Venha depressa, se não, seremos os últimos a chegar.”

(Venha depressa, caso não, seremos os últimos a chegar)

Fique atento na hora de escrever

Nessas frases é possível perceber que apesar de muito semelhantes, as duas expressões tem um sentido diferente, e merecem certo cuidado na hora de serem escritas, para que o sentido da frase não seja prejudicado.

Sendo assim, quando for escrever, basta pensar como ficaria a frase quando você substituir a expressão por uma sinônima.

Assim fica muito mais fácil acertar.